quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Praça Rosa Apparecida, Dourado - SP.


Popularmente chamada Praça do Tiba. Está localizada nas coordenadas 22º 06’ 35.90” latitude Sul e 48º 19’ 02.32” longitude Oeste e entre a rua Rio Grande do Sul e a avenida Marchador Brasil, na Vila São José (FIGURA 08).




FIGURA 08: Visão panorâmica. Localização da Praça Rosa Apparecida presente na cidade de Dourado-SP (FONTE: Google Earth; 08 set 2011).


Como a Praça Girassol, este logradouro também é de cunho particular e que atende toda a massa populacional pública que desfruta de suas acomodações.

Não há registro de seu nome ou decreto que comprove o porquê de ser chamada assim na Prefeitura Municipal de Dourado - SP, mas de acordo com as entrevistas, seu nome surgiu em homenagem a Senhora Rosa Apparecida que desfrutava das ligações de parentesco entre os elaboradores.

Está situada no bairro Vila São José, entre a Rua Rio Grande do Sul e a Avenida Marchador Brasil, dentro do perímetro urbano do município e não se sabe, exatamente, a data de sua construção. Este largo preserva uma flora de grande e médio porte prevalecendo uma área sombreada que abrange todo o local. E seus bancos, vivem ocupados pelas pessoas, por serem objetos de descanso na rota que liga o bairro Vila São José com o Bairro Centro e Jardim Paulista (FIGURA 21).





FIGURA 21: Praça Rosa Apparecida (IMAGEM: DONATO, G. R, 2011).



Algumas Conclusões sobre a Abordagem Histórica das Praças.


Na exploração das entrevistas a maior contribuição dos relatos partiu da faixa etária entre 61 a 80 anos compondo 43,48% dos participantes. A mesma massa também mencionou o seu tempo de residência em Dourado – SP, afirmando ter mais de cinqüenta anos. Quanto cogitada a idéia se as praças de hoje são iguais a do passado 86,95% confirmaram que não. Se são freqüentadas, tanto para passeios ou recreação, (não necessariamente em todas) 100% exaltaram que sim, onde a mais citada foi a Praça São João Batista. Se ocorre algum tipo de atividade, 91,3% relatou que sim. E se os voluntários conheciam as variedades de plantas existentes, mais de 80% afirmaram que sim, comentando sobre as Palmeiras, os Ipês e as Sibipirunas.

Além disso, o estudo cultural dessas praças foi um tanto delicado para obtenção da documentação histórica, já que os aspectos do passado são deixados para segundo plano diante da estética moderna visada em outros tipos de trabalho. Nos depoimentos, muitos moradores relataram insatisfação pelas atuais condições das praças, expondo um ponto de vista completamente contra as reformas atribuídas. A justificativa exaltou as mudanças desnecessárias que acabaram abalando os momentos históricos, tanto nas lembranças da arquitetura local, como da jardinagem perdida. A partir daí, propõem – se uma significativa atenção para esses espaços já que a população possui intima relação na participação da administração histórica guardando fatos que, futuramente, podem contribuir para outros estudos. Entretanto, poucos ainda enxergam a conservação com real preocupação, onde a palavra Praça carrega mais que uma função de lazer. Sua potencialidade deslumbra e enriquece a mente humana quando se deixa levar pelos seus anseios fortalecendo, assim, o bem estar da coletividade.


ABORDAGEM FLORÍSTICA E FITOSSOCIOLÓGICA DAS PRAÇAS DA CIDADE DE DOURADO-SP COM TRAÇOS DE SUA HISTÓRIA E CULTURA.

Gabriel Romeiro Donato.


Veja Também neste Blog:


Avenida Marchador Brasil 14.000 Km


Álbum Histórico de Dourado.

Entalhe em Madeira - Homenagem.

A História do Café em Dourado.

Lembranças da Escola Rural em Dourado.